Vereadores fazem moção de congratulação às mulheres itapoaenses pela passagem do dia internacional

Imprimir
Criado em Terça, 12 Março 2013

Nesta segunda-feira (11), após uma extensa reunião em que foram deliberados o Projeto do REFIS, a Alteração do Conselho das Cidades, a autorização para a reforma do Farol, a cessão de bens imóveis à Polícia Civil, o requerimento ao Poder Executivo com pedido de informações sobre o encerraram do atendimento  dos  correspondentes   bancários  em toda a Cidade, entre outros temas relevantes, também foi aprovada unanimemente a moção de congratulação às mulheres itapoaenses pela passagem do dia internacional, em 08 de março.

A moção, de autoria dos nove vereadores, abordou fatos históricos que levaram a criação de tal data, tais como manifestações e protestos de grupos femininos desde os primórdios do século XX, que sempre lutaram por uma sociedade justa e igualitária.

A vereadora Márcia, em seu pronunciamento, enalteceu o papel da mulher como progenitora, educadora e que muitas vezes sustenta sozinha sua família.

O vereador Jeferson também se pronunciou, parabenizando todas as itapoaenses e dizendo como ultimamente, muitas mulheres estão no comando de seus lares.

A moção de cunho histórico abordou o seguinte:

O Dia Internacional da Mulher é comemorado em 8 de março, sendo que tem como origem as manifestações de grupos femininos russos por melhores condições de vida e trabalho e contra a entrada da Rússia czarista na Primeira Guerra Mundial. Essas manifestações marcaram o início da Revolução de 1917. Porém, a ideia de reservar um dia da mulher já havia aparecido desde os primeiros anos do século XX, nos Estados Unidos e na Europa, em meio as lutas de mulheres por melhores condições de vida e trabalho, bem como pelo direito de voto.

Muitos outros protestos foram feitos, e um que se destacou foi o de 1908, onde 15.000 mulheres marcharam sobre a cidade de Nova Iorque exigindo a redução da carga horária, melhores salários e o direito de voto. Assim, o primeiro Dia Internacional da Mulher seguiu-se em 28 de fevereiro de 1909 nos Estados Unidos após uma declaração do Partido Socialista da América.

Em 1910, ocorreu a primeira conferência internacional sobre a mulher em Copenhague, dirigida pela Internacional Socialista, quando foi aprovada a proposta da socialista alemã Clara Zetkin, de instituição de um dia internacional da Mulher, embora nenhuma data tivesse sido especificada.

No ano seguinte, o Dia Internacional da Mulher foi celebrado em 19 de março, por mais de um milhão de pessoas, na Austrália, Dinamarca, Alemanha e Suiça. Dias depois, o que levou mesmo a essa data ser comemorada mundialmente foi a

tese do incêndio provocado na fábrica da Triangle Shirtwaist, que também ocorreu em Nova Iorque, em 25 de março de 1911. Onde foi registrada cerca de 146 mortes. Segundo relatos, cerca de 129 trabalhadoras foram trancadas e queimadas vivas. O incêndio da fábrica Triangle, até 11 de setembro de 2001, foi o pior incêndio da história de Nova Iorque.

Ao ser criada esta data, não se pretendia apenas comemorar. Na maioria dos países, realizam-se conferências, debates e re

uniões cujo objetivo é discutir o papel da mulher na sociedade atual. O esforço é para tentar diminuir e, quem sabe um dia terminar, com o preconceito e a desvalorização da mulher. Mesmo com todos os avanços, elas ainda sofrem, em muitos locais, com salários baixos, violência masculina, jornada excessiva de trabalho e desvantagens na carreira profissional. Muito foi conquistado, mas muito ainda há para ser modificado nesta história.

Fonte de pesquisa: Luis Alberto Prado.


© 2017 Francisco Soares - Câmara Municipal de Itapoá. Endereço: Rua Mariana Michels Borges, nº 1115, Itapema do Norte - Itapoá SC - Cep: 89249-000. Fone/Fax: (47)3443-6146