Qual o instrumento normativo local regulamenta a Lei de Acesso à Informação na Câmara Itapoá?

Imprimir
Categoria: Perguntas e Respostas
Criado em Sexta, 15 Julho 2022 Última atualização em Segunda, 10 Junho 2024

 

A Câmara Municipal de Itapoá, comprometida com a transparência e a participação cidadã, adota um conjunto de Normas Jurídicas Municipais que regulamentam o serviço de acesso à informação, conforme previsto na Lei de Acesso à Informação (Lei Federal nº 12.527/2011). Essas normas locais estabelecem os procedimentos e garantias para que os cidadãos possam exercer seu direito de acesso às informações públicas.

 

Normas Jurídicas Municipais

O conjunto de Normas Jurídicas Municipais que regulamenta o acesso à informação na Câmara Municipal de Itapoá visa garantir que todos os processos sejam conduzidos de maneira clara, acessível e eficiente. Essas normas estabelecem os procedimentos para solicitar informações, os prazos para resposta e as responsabilidades dos servidores públicos em atender às demandas da sociedade. Para consultar essas Normas Jurídicas, acesso nossa Carta de Serviços ao Usuário da Ouvidoria, no link abaixo:

> Carta de Serviços ao Usuário da Ouvidoria;

Ouvidoria

 

 

Carta de Serviços ao Usuário da Ouvidoria

Para detalhar esses procedimentos e facilitar o entendimento dos cidadãos, a Câmara Municipal de Itapoá disponibiliza a Carta de Serviços ao Usuário da Ouvidoria. Este documento é uma ferramenta essencial que traz informações completas sobre os serviços oferecidos pela Ouvidoria, incluindo orientações sobre como solicitar informações, prazos de resposta, canais de atendimento, normas jurídicas regulamentadoras da ouvidoria e outras informações relevantes.

 

Instrumento Normativo e legalidade da ouvidoria, protocolo digital e sistema de pedidos de informações (LAI)

O sistema de ouvidoria é um software livre e gratuito, desenvolvido pela Controladoria-Geral da União. A Câmara Municipal de Itapoá, por iniciativa da Mesa Diretora - Presidência do Vereador Geraldo Rene Behlau Weber, e com o apoio do Setor de Tecnologia, firmaram parceria institucional com a Controladoria-Geral da União no Estado de Santa Catarina - Núcleo de Ações de Ouvidoria e Prevenção à Corrupção, com o objetivo de efetivar a implantação e disponibilização do serviço informacional de Ouvidoria / SIC. A Ouvidoria, o SIC e o protocolo digital são serviços regulamentados pelas seguintes normas jurídicas municipais:

> Portaria nº 182/2020. (nomeia servidor responsável pela ouvidoria) 

> Portaria nº 131/2019. (regulamenta Sistema de Ouvidoria da Câmara) 

> Resolução nº 08/2018. (institui o sistema de ouvidoria na Câmara)

> Resolução nº 14/2016. (regulamenta a LAI e dispõe sobre o processo digital)

 

> Regimento Interno da Casa (Incisos XX, XXI e XXII do art. 33 e inciso XIV e XV do art. 46)

 

Continua com dúvidas?

Acesse o vídeo desenvolvido pela Escola do Legislativo da Câmara Municipal de Itapoá, para acompanhar um passo a passo de como acessar a respectiva informação no portal institucional da Casa. 

Link do youtube: https://youtu.be/ZqT2ykESCTo

Link do serviço: Clique aqui.

Fundamentação legal: Art. 45 da Lei nº 12.527/2011 - LAI e Inciso VIII, alínea 'f', e do Inciso XVI, ambos do artigo 2º da Resolução Legislativa n. 14/2016.

Encontre-nos no Facebook

Câmara Municipal de Itapoá - SC

De Segunda a Sexta-feira, das 08h às 14h,

Reuniões Ordinárias: segundas-feiras às 19h,

E-mails: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Celular: (47) 99668-5690 (WhatsApp),

Rua 960 Mariana Michels Borges, nº 1115,

Bairro Itapema do Norte - Itapoá-SC,

CEP 89360-730. Localização: Clique aqui.

Mais informações / contato: Clique aqui.

Política de Privacidade LGPD: Clique aqui.

Whatsapp da Câmara  Facebook da Câmara  Instagram da Câmara  Canal do Youtube

© 2009 - 2024 Câmara Municipal de Itapoá-SC - Portal desenvolvido e atualizado pelo Setor de Informática da Câmara, com o uso de softwares livres e CMS Joomla.